PÁGINA INICIAL
+ 51 3655 9085
VALE VERDE
Segunda-feira, 26/02/2024
NOTÍCIAS
01.08.2020
Prefeito abrirá sindicância para apurar possível responsabilidade na construção do muro da Emei Santa Izabel
Obra, que foi concluída em 2014, custou quase R$ 90 mil e há três semanas o muro simplesmente caiu
Guilherme Ubatuba Teixeira
A sindicância é um procedimento que tem o objetivo de apurar a autoria ou a existência de irregularidade praticada no serviço público que possa resultar, dentre outras advertências, na aplicação da suspensão bem como ressarcimentos dos danos eventualmente provocados. Essa é a ação que será tomada pelo prefeito de Vale Verde, Carlos Gustavo Schuch, para apurar uma possível responsabilidade na construção do muro da Emei Santa Izabel que tombou no dia 7 de julho.
“Além do custo altíssimo, que hoje ultrapassa R$ 128 mil em números atualizados, esse muro não durou seis anos e custou todo esse valor. Alguém deve ser responsabilizado, tendo em vista que foi gasto dinheiro público”, enfatizou o prefeito Carlos Gustavo Schuch
O processo da contratação da empresa à época para construir o muro e a cerca da Emei Santa Izabel foi, de acordo com o contrato assinado em 18 de agosto de 2014 pelo governo passado, um edital de licitação originando uma contratação no valor de R$ 88.855,10. A construção foi concluída em 11 de novembro de 2014 após cinco termos aditivos para prorrogação de prazos, com término inicialmente previsto para 3 de outubro daquele ano.
De acordo com o índice IGPM-M, do site do Banco Central do Brasil, que reajusta o valor conforme a inflação, o montante da obra atualizado para os valores de hoje chega a R$ 128.478,65.
Jornalista:Guilherme Ubatuba Teixeira